Conteudo

Lista de vencedores do Benchmarking Brasil reflete diversidade de setores produtivos engajados com a Sustentabilidade

Foi divulgado na noite da última quinta (01/08), em São Paulo, o ranking das empresas Benchmarking Brasil, o programa de certificação de boas práticas em sustentabilidade. A relação das sete primeiras colocadas dá uma dimensão da diversidade de setores produtivos dos projetos e das regiões participantes. Quase todos os estados brasileiros estão representados. "O Programa Benchmarking Brasil é uma contribuição para a construção de uma cultura da sustentabilidade no país", afirmou Marilena Lavorato, coordenadora da certificação.

 

A Alumar, o Consórcio de Alumínio do Maranhão, que é um dos maiores complexos de produção de alumínio primário, encabeça a lista; seguida por Itaipu Binacional, na produção de energia elétrica do Paraná; em terceiro está a empresa de logística do Grupo EBX, a LLX do Rio de Janeiro; a quarta posição é ocupada pela Braskem da Bahia; a quinta posição, pela Gerdau, do Rio Grande do Sul; a sexta posição, pela AVON, de São Paulo; e o sétimo lugar foi conquistado por outra empresa do ramo de siderurgia, a ArcelorMittal do Espírito Santo. O ranking na íntegra pode ser conferido no site: http://benchmarkingbrasil.com.br.

 

Neste ano, o próprio Programa Benchmarking Brasil venceu a categoria Humanidade no prêmio Von Martius da Câmara de Comércio Brasil- Alemanha, concorrendo com 38 projetos. O Prêmio criado, em 2000, contempla trabalhos de empresas, organizações não governamentais, indivíduos, governos e instituições nacionais que promovam o desenvolvimento econômico, social e cultural alinhado ao conceito de desenvolvimento sustentável.  

NewsLetter

Cadastre-se no nosso grupo de contatos e receba por
e-mail os destaques da ek.