Conteudo
 

As inscrições para a edição de 2014 do Prêmio von Martius de Sustentabilidade seguem abertas até o dia 23 de junho. Promovido pela Câmara Brasil-Alemanha, por meio de seu Departamento de Meio Ambiente, Energias Renováveis e Eficiência Energética, a premiação reconhece o mérito de iniciativas de empresas, do poder público, de indivíduos e da sociedade civil, que promovam o desenvolvimento econômico, social e cultural no contexto do desenvolvimento sustentável.    Os projetos deverão ser inscritos em uma das seguintes categorias, considerando seu foco prioritário:    Categoria Humanidade: para iniciativas que priorizam o desenvolvimeto do ser humano, tais como programas e projetos de educação ambiental e social; projetos de comunicação, divulgação e informação de caráter socio ambiental ou cultural; projetos visando a adoção de valores sociais, culturais ou ambientais no âmbito do indivíduo ou da comunidade (stakeholders).   Categoria Tecnologia: para iniciativas que priorizam o desenvolvimento de tecnologias socioambientalmente positivas, tais como o desenvolvimento de sistemas, processos ou equipamentos de otimização ambiental em qualquer etapa do processo produtivo ou nas relações com os diversos stakeholders; a adoção e utilização de tecnologias sociais; a adoção e utilização de equipamentos ou processos industriais que representem ganhos ambientais consideráveis; o desenvolvimento de produtos sociais, culturais ou ambientalmente orientados; otimização de processos e outras técnicas ou tecnologias que visam a preservação dos recursos naturais.   Categoria Natureza: para iniciativas que priorizam a preservação e con servação do meio natural, tais como preservação da ?ora e da fauna; proje tos de pesquisa cientí?ca original; projetos orientados para inserção no pro grama de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL/ Protocolo de Kyoto); projetos e programas de valorização pública dos princípios de preservação e conservação do meio ambiente natural.   É admitida a participação do mesmo candidato em mais de uma categoria, desde que com projetos diferentes. A taxa de inscrição é R$ 100. A cerimônia de premiação acontece no dia 05 de agosto de 2014, em São Paulo.        

Conteudo
 

O governo federal anunciou um conjunto de ações de sustentabilidade para a Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014. As medidas foram apresentadas pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, durante coletiva de imprensa no Ministério do Turismo, nesta terça (27).   Izabella Teixeira apresentou a 'Agenda de meio ambiente e sustentabilidade Copa 2014', documento que reúne projetos ambientais para o mundial e que será referência para outros eventos de grande porte. “Esse projeto dialoga com as diversas regiões do País, a fim de gerar suporte para inovação tecnológica, geração de emprego e inclusão social”, disse.   A agenda se divide em cinco grandes projetos, que dialogam e foram construídos em conjunto com os ministérios parceiros:   1. Certificação e gestão sustentável das arenas   O projeto busca desenvolver tecnologia, gerar qualificação de mão de obra e fomentar o consumo consciente para redução da emissão de carbono. A ministra alertou que todas as arenas estão em processo de certificação sustentável, entre elas já foram certificados os estádios do Castelão e Fonte Nova, e outras seis (AM, DF, MG, PR, RJ e PE) estão em reta final de certificação pelo Green Building Council, entidade responsável pela certificação. As quatro restantes estão em fase de complementação dos relatórios finais.   2. Campanha Brasil Orgânico   Campanha realizada em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), busca induzir relações favoráveis de mercado, que dialoguem com o Acordo de Marrakesh. O projeto fortalece os processos das cadeias produtivas do setor, sendo eles agricultura familiar e consumo de produtos orgânicos. A campanha está desdobrada em dois eixos:   Kits Lanche para os voluntários   Os 18 mil voluntários participantes do Programa de Voluntariado do Governo Brasileiro (Brasil Voluntário), que atuarão fora das arenas, receberão um kit de alimentos orgânicos não perecíveis. Os produtos foram adquiridos pelo MDS, por meio da modalidade de Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), em uma iniciativa inédita.   Quiosques Brasil Orgânico e Sustentável   As cidades-sede receberão Quiosques de Comercialização de Produtos Orgânicos e da Agricultura Familiar, com produtores de vários biomas diferentes durante a Copa. Ao todo, cerca de 60 grupos e associações de produtores foram selecionados por edital público.   3. Campanha Passaporte Verde   Com o slogan 'Eu Cuido do Meu Destino', a campanha Passaporte Verde aproveita a Copa do Mundo para iniciar um trabalho voltado para que consumidores e empresários optem por práticas mais sustentáveis. A campanha passou a ser uma plataforma de comunicação em consumo e produção sustentáveis, com portal interativo, aplicativo móvel e forte presença nas mídias sociais.   4. Mitigação e compensação de emissões   Intuito é contabilizar as emissões geradas pelo evento e apresentar estratégias de redução, neutralização e compensação. Esse projeto compõe duas iniciativas: o Selo Baixo Carbono, que convida empresas para doação de créditos de carbono e o incentivo a compensação fornecida pelos torcedores. Foi realizado, ainda, o Inventário Ex-Ante de Emissões da Copa 2014, com a projeção das emissões relacionadas ao evento. Após a Copa será efetivado o Inventário definitivo.   Também foram identificadas as ações desenvolvidas pelos estados e Cidades-Sede voltadas à mitigação das emissões, como a Certificação das Arenas, os Planos de Gestão de Resíduos e Reciclagem, as iniciativas de mobilidade urbana, o uso de combustíveis menos poluentes, como o biodiesel e o etanol, os projetos de ciclovias e os projetos de compartilhamento de bicicletas, dentre outros.    5. Gestão de resíduos e reciclagem   O governo federal abriu linha de apoio às cidades-sede para a inclusão de catadores e seis cidades foram contempladas com R$ 2,3 milhões. Com o investimento, os catadores realizarão a coleta seletiva no entorno das arenas e festas oficiais para as torcidas. Todo o material recolhido será destinado às cooperativas de reciclagem.   Além disso, o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) abriu linha de financiamento para estruturar a coleta seletiva em caráter permanente nas cidades-sede, o Projeto Cidades da Copa. Foram aprovados projetos em Brasília, Curitiba, Porto Alegre, e Rio de Janeiro, em um total de aproximadamente R$ 79 milhões.      

Conteudo
 

Práticas empresariais sustentáveis são reconhecidas no Prêmio ECO 2014. Os gestores dos casos podem inscrever suas iniciativas até 15 de agosto. Realizado pela Amcham Brasil (Câmara Americana de Comércio) desde 1982, o prêmio já mobilizou 2.132 companhias nacionais e multinacionais, responsáveis por inscrever 2.655 projetos. A cerimônia de premiação será em dezembro.   Podem candidatar-se empresas de todo o País, públicas, privadas ou de economia mista e de todos os portes. Para analisar os projetos, a Amcham contará com um júri formado por 50 renomados integrantes, entre eles consultores, gestores, pesquisadores de universidades e especialistas na área.   A premiação contempla duas modalidades de projetos: a Estratégia, Liderança e Inovação para a Sustentabilidade (ELIS), que analisa cases de empresas que incorporam a sustentabilidade em toda sua gestão., e práticas de sustentabilidade, que se subdivide nas categorias - produtos ou serviços e processos, em que avalia trabalhos pontuais.   Para a 32ª edição da premiação, a Amcham traz como novidade o reconhecimento de destaque do ano, que será atribuído a uma empresa de grande porte, vencedora na modalidade ELIS. A escolha será feita a partir da avaliação de cinco jurados e da pontuação.   Outra novidade do Prêmio é a reestruturação dos critérios da modalidade ELIS baseada no conceito ESG (Environmental, Social and Governance), que passa a avaliar a governança para sustentabilidade. Além disso, foram estabelecidos pesos e questões diferenciadas por setor para avaliação das empresas de grande porte na modalidade ELIS.   No total, serão oferecidos onze prêmios, sendo cinco para a modalidade ELIS e três para cada uma das duas categorias da modalidade Práticas de Sustentabilidade.    ek marketing   A ek marketing atua na gestão do reconhecimento prestando consultoria desde a inscrição até o desenvolvimento de cases às empresas interessadas. A experiência da ek na realização deste trabalho é um diferencial. Em 2009, 2011 e 2012 cases desenvolvidos com a consultoria da ek marketing receberam o Prêmio ECO.  

Conteudo
 

O MPE Brasil – Prêmio de Competitividade às Micro e Pequenas Empresas está com as inscrições abertas para a edição 2014. Promovida pelo Sebrae Nacional, Movimento Brasil Competitivo (MBC) e Gerdau, com apoio técnico da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), a iniciativa reconhece conceitos inovadores e boas práticas de gestão em diversos setores da economia. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até 1º de agosto.   As organizações concorrentes são avaliadas pela qualidade da administração e capacidade inovadora, por meio da utilização do questionário de autoavaliação, tendo como base o Modelo de Excelência da Gestão (MEG), da FNQ. Mais do que ter o amadurecimento do negócio quantificado, a participação no Prêmio promove o incentivo à adesão a análises mercadológicas e a visualização de oportunidades em diferentes nichos.   Além de receber um relatório personalizado com pontos fortes e a indicação de oportunidades de melhoria na gestão, os empreendimentos inscritos participam de seminários de excelência realizados em seu estado e têm a oportunidade de aumentar a competitividade e melhorar seus produtos e serviços, contribuindo para o desenvolvimento econômico da sua comunidade.   O volume de empresas interessadas em melhorar sua gestão em 2013 foi 10% superior ao registrado no ano anterior, reforçando a continuidade na busca pela excelência da gestão por parte dos gestores de MPE. Ao todo, mais de 560 mil empresas já foram impactadas diretamente pelo Prêmio.    Como participar   Estão aptas a concorrer empresas com receita bruta anual de até R$ 3.600.000. Composto por oito categorias (indústria, comércio, agronegócio, turismo, TI, saúde, educação e serviços, além dos destaques em responsabilidade social e em inovação), o MPE Brasil funciona, ano após ano, como incentivo às micro e pequenas empresas brasileiras, reconhecendo a importância e os resultados alcançados com a utilização dos conceitos de gestão, excelência e qualidade.   Para participar, é preciso preencher um questionário de autoavaliação, uma metodologia padronizada nacionalmente. Após concluir o processo, as organizações com melhor desempenho recebem a visita de avaliadores capacitados e são submetidas a uma banca técnica. Se premiadas em seu estado, passam a disputar com organizações de todo o Brasil em cada categoria. As premiadas ganham o direito de utilizar a marca MPE Brasil como instrumento de comunicação e ser reconhecida como exemplo de sistema de gestão alinhado aos princípios de excelências mundiais.  

Conteudo
 

As inscrições para a 17ª Edição do Prêmio ANDEF terminam nesta sexta-feira (23). Interessados em participar da premiação, exclusiva para cooperativas, revendas e distribuidores, podem inscrever um ou mais projetos nas seguintes categorias: Boas Práticas Agrícolas, Responsabilidade Ambiental e Responsabilidade Social.    Os projetos serão avaliados de acordo com o objetivo, introdução, descrição, resultados e conclusão. O vencedor de cada categoria ganhará um bolsa de estudos no MBA em Fitossanidade do IAC (Instituto Agronômico de Campinas) e ANDEF (Associação Nacional de Defesa Vegetal), e também um tablet iPad 2 – 16 GB e 3G.    O Prêmio ANDEF existe há 17 anos e é destinado também a outros profissionais do setor como: estudantes, jornalistas e profissionais das indústrias de defensivos agrícolas. O objetivo é reunir, incentivar e consagrar ações de produção agrícola segura e sustentável, levando em conta a sustentabilidade econômica, social e ambiental.

Conteudo
 

Dentre as 17 categorias da 40ª edição do Prêmio Aberje, a Comunicação de Programas Voltados à Sustentabilidade Empresarial reconhece estratégias e ações de comunicação utilizadas para informar e mobilizar os públicos de relacionamento da organização com relação aos projetos que a empresa pratica para atingir o desenvolvimento sustentável.    Com base no Relatório da Comissão de Brundtland, publicado em 1987, desenvolvimento sustentável é aquele que “supre as necessidades da geração presente sem afetar a possibilidade das gerações futuras de suprir as suas próprias necessidades”. Esta visão estabelece que um empreendimento humano, para ser sustentável, precisa satisfazer, principalmente, os seguintes requisitos:    - ser ecologicamente correto, ou seja, preservar os recursos naturais (água, energia, florestas, etc.) utilizados em sua atividade;  - contribuir para o desenvolvimento econômico e social, isto é, ajustar os interesses da empresa aos interesses dos públicos com os quais se relaciona;  - contribuir para a qualidade de vida da sociedade.   Como participar do Prêmio Aberje?   As inscrições do Prêmio Aberje estão abertas até o dia 23 de junho e podem concorrer projetos cujas ações tenham ocorrido entre o período de 1° de janeiro de 2013 até o último dia de inscrição. A 40ª edição do Prêmio Aberje vai ser realizada em duas etapas - uma regional e outra nacional. Os projetos devem ser direcionados para uma das cinco regiões: Espírito Santo e Rio de Janeiro; Minas Gerais e Centro-Oeste; Norte e Nordeste; São Paulo e Sul.   Por que participar do Prêmio Aberje?   O Prêmio Aberje é o principal reconhecimento na área de comunicação corporativa do País.  Grandes empresas como Vale, Itaú, Natura, Braskem e BRF – Brasil Foods já foram agraciados com a distinção que, além de se tornar uma peça de memória empresarial, promove: • Reconhecimento da organização e das ações de comunicação utilizadas pela mesma; • Fortalecimento da reputação e da marca;  • Sentimento de orgulho entre os colaboradores e parceiros.    

NewsLetter

Cadastre-se no nosso grupo de contatos e receba por
e-mail os destaques da ek.